Rosácea

Rosácea (acne rosácea)

Rosácea a

A rosácea, também conhecida como acne rosácea, é uma doença inflamatória crônica.

Afeta principalmente os adultos após os 25 anos de idade, e é mais frequente em mulheres.

A causa é desconhecida, mas fatores genéticos e alterações clínicas podem ajudar a surgir.

Os fatores de piora são, desde certos alimentos (café, bebidas alcoólicas, picles, pimenta e molhos quentes), a presença do parasita Demodex folliculorum nos folículos da pele e fatores físicos como frio e calor intenso, exposição solar e exercícios físicos.

Como se manifesta a Rosácea

A doença atinge principalmente a região central da face

Inicialmente a rosácea aparece com episódios de vermelhidão (eritema) na face, que vão se tornando cada vez mais acentuados e persistentes.

A pele passa a se alterar, surgindo pequenos vasos sanguíneos dilatados (telangiectasias), lesões avermelhadas e elevadas (pápulas) e pontos amarelos (pústulas), que parecem espinhas (por isso chamamos Acne Rosácea).

Rosácea

Inflamação e edema (inchaço) da pele, placas avermelhadas e nódulos podem aparecer com o tempo.

Conjuntivite ou inflamação da córnea, pálpebra e íris também podem ocorrer.

Rinofima é uma alteração onde ocorre o aumento do volume do nariz com espessamento da pele, poros dilatados e com elevações na superfície.

Tratamento

A rosácea é uma doença crônica e deve ser mantida sob controle.

Evitar os fatores que provocam a sua exacerbação, como: frio intenso, sol e os alimentos (café, bebidas alcoólicas, picles, pimenta e molhos quentes).

Antibióticos por via oral e de uso local.

Eventualmente medicação específica por via oral, como retinóides, por exemplo.

A associação do laser e luz intensa pulsada estabiliza e controla a Rosácea |Saiba mais|

A aplicação da luz intensa pulsada também pode ser utilizada.

A energia da luz pulsada é atraída pela hemoglobina presente nas células sanguíneas dos pequenos vasos da pele promovendo a sua destruição pelo calor..

Rosácea b

Os vasos de maior tamanho também podem ser tratadas com laser ou luz pulsada.

Em geral, são necessárias algumas sessões para se obter um melhor resultado.

Isotretinoina (Roacutan)

Roacutan é indicado para os casos mais graves de Rosácea ou de difícil tratamento com os métodos convencionais, mas seu uso deve ser acompanhado de perto pelo dermatologista pela possibilidade de causar danos à saúde.

A indicação do tratamento adequado e a sua duração vai depender da intensidade de cada caso, devendo ser definida pelo médico dermatologista.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*