Ceratoses cutâneas

São lesões ásperas na pele

As ceratoses ActínicasSeborreicas são as mais comuns.

Ceratose Actínica: é uma alteração da pele que pode evoluir para um carcinoma (câncer de pele).

Aparece na pele por causa de exposição repetida e prolongada ao sol.

É formada por uma espessa crosta de pele que pode sangrar quando retirada;

Não cura sozinha;

Aumenta o tamanho e a profundidade com o tempo;

Infiltra as camadas mais profundas da pele e nos tecidos abaixo dela.

O tratamento adequado depende da evolução e aspecto que a lesão apresenta.

É o dermatologista que tem todos os recursos para tratar adequadamente essa doença.

Ceratose Seborreica: pode apresentar aspecto quase indistinguível de um melanoma e vice-versa.

O diagnóstico deve ser realizado e a lesão deve ser tratada adequadamente.

A ceratose seborreica típica apresenta um nódulo áspero de coloração escura;

Sua superfície tem glóbulos arredondados;

Aspecto graxento – sebáceo;

Normalmente bem delimitada.

Não representa risco à saúde, mas pode ferir ou inflamar, dando um aspecto desagradável na pele;

Pode causar ulcerações e infecções que comprometem a pele.

O diagnóstico diferencial com o melanoma maligno é imprescindível.

O dermatologista é que tem os recursos para isso, através do exame clínico, da dermatoscopia ou de biópsia.